Interferência nº7

17/12/2009

Os tijolos amarelos apresentados nesta interferência, aludem à estrada vista no filme O Mágico de Oz (1939). A mensagem pretendida com esta interferência é a de que mesmo o caminho mais cotidiano e simples de ida ao trabalho ou volta para casa pode representar parcialmente o objetivo de todo ser humano: o anseio pela efetivação de seus sonhos e desejos.

Mesmo sendo, na obra literária e audiovisual, o mágico um embusteiro. os personagens descobrem internamente os elementos que procuraram em todo o caminho. Foi, portanto, o caminho que os ensinou autoconfiaça, motivação, respeito e deu esperança.

O contorno bem marcado dos tijolos remete também à ideia de caminho, de trilha. São sulcos, veios, são novas possibilidades – marginais – de caminho.

Procurou-se ressaltar o aspecto texturizado da imagem.

Anúncios